Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Comunidade

 

O Embaixador Manuel Lobo Antunes foi nomeado para o cargo de Representante Permanente de Portugal na Delegação Permanente junto da Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Económico (OCDE), em Paris, em substituição do Embaixador Bernardo de Lucena.

Os Decretos foram publicados esta manhã no Diário da República. “É exonerado, sob proposta do Governo, o Embaixador Bernardo Fernandes Homem de Lucena do cargo de Representante Permanente de Portugal na Delegação Permanente junto da Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Económico – OCDE, em Paris”.

Por seu lado, um outro Despacho exonera Manuel Lobo Antunes do cargo de Embaixador de Portugal em Londres, para depois ser nomeado para a OCDE, em Paris.

Para além do Presidente da República, os textos agora publicados no Diário da República, foram também assinados pelo Primeiro Ministro António Costa e pelo Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Irmão do escritor António Lobo Antunes, o novo Embaixador junto da OCDE nasceu em Lisboa em junho de 1958 e era Embaixador de Portugal em Londres desde novembro de 2016.

Licenciado em Direito na Universidade Católica, foi assessor diplomático do então Presidente da República António Ramalho Eanes e do então Primeiro Ministro António Guterres. Em 2005 integrou o Governo de José Sócrates, primeiro enquanto Secretário de Estado da Defesa e do Mar e depois enquanto Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, precisamente durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, tendo, por exemplo, preparado o Tratado de Lisboa.

Entre 2008 e 2012 foi o Representante de Portugal junto da União Europeia (REPER), em Bruxelas, tendo depois sido nomeado Embaixador de Portugal em Roma e, quatro anos depois, em Londres.

 

Donativos LusoJornal
X