Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Missa de Natal em português na Igreja St Pierre de Croix: mensagem de esperança

LusoJornal / António Marrucho LusoJornal / António Marrucho LusoJornal / António Marrucho LusoJornal / António Marrucho LusoJornal / António Marrucho LusoJornal / António Marrucho
Donativos LusoJornal

Dia de Natal, um dia diferente. Este ano bem diferente dos outros natais, celebrado de uma maneira diferente, contudo na esperança.

Aqui e acolá, para se ir à missa neste dia festivo, tinha-se mesmo que se inscrever para ter lugar na igreja e respeitar as condições de higiene de um ano 2020 que para todos ficará na memória.

Na igreja de St Pierre em Croix (59), nos arredores de Lille, como em todas as festas e cerimónias marcantes do ano, uma missa em português teve lugar às 10h00 da manhã do dia de Natal. Missa celebrada pelo, sempre jovem, de quase 90 anos, Padre Bernard Willem. A animação esteve a cargo de João Pereira e do grupo coral Paz no Mundo.

Aos presentes, em número mais reduzido do que habitualmente, Bernard Willem apelou para que festejemos o dia de Natal na alegria, sem nos esquecermos contudo de quantos estão em sofrimento, este ano bem mais que noutros, com problemas de saúde, de solitude, em lares de repouso, em Portugal longe dos seus…

Embora o mundo atravesse as dificuldades que todos sabemos, no início da missa, o sol vindo do exterior atravessava os bonitos vitrais, entrando na Igreja como que para anunciar algo de melhor ou que se deseja melhor.

As melodias entoadas pelo grupo coral «Paz no Mundo», pareceram, ainda mais do que nos outros anos, belas e bem cantadas.

Na homilia do Padre Bernard Willem lembrou as dificuldades de há 2020 anos aquando do nascimento do Salvador, nascimento que não se pode realizar de maneira também normal, foi numa manjedoura que o Menino nasceu, um nascimento humilde, sinal contudo de esperança, esperança que os Reis Magos viriam a testemunhar e agradecer, como a esperança que nos é pedida no momento que atravessamos. Aliás a isso nos pede o Santo Padre numa carta por ele publicada durante este ano de 2020: fraternidade, mas também de apelo a não ofendermos, à justiça, ao amor, à ternura, não esquecendo de semearmos para um mundo melhor. Aliás, numa das leituras do dia, falava-se das tréguas, mas ao fundo da qual se vê uma grande luz.

Durante o ofertório foram depositados no altar bens alimentares e outros que os participantes trouxeram para serem oferecidos aos mais necessitados.

Ao fim da missa o Menino Jesus foi apresentado à assistência. Na vez de ser beijado, cada um dos participantes inclinou-se perante a sua representação.

Por certo, a celebração 2021 será diferente na sua realização, contudo como na de 2021 também a de 2020 é sinal de esperança.

 

Religião
X