Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Irène de Oliveira Carmo, até agora candidata às eleições municipais em Champigny-sur-Marne (94) na lista do Mouvement Citoyen Libre (MLC) cuja cabeça de lista é Marie Nguyen-dinh, mudou-se este fim de semana para a lista La République en Marche (LREM) cujo cabeça de lista é Jean-Michel Schmitt.

Jean-Michel Schmitt tem 65 anos e foi eleito nas listas da oposição entre 2008 e 2014, na altura pela UMP. Na sexta-feira Jean-Michel Schmitt escreveu: “Esta semana, uma mulher implicada e cheia de convicções, Irène de Oliveira Carmo, decidiu integrar a nossa lista”.

Há muito que Irène de Oliveira Carmo decidiu implicar-se politicamente, porque “não queria continuar a ser espetadora” como confessou ao LusoJornal. En 2004, durante 4 anos, foi Conselheira municipal nas listas de Yves Juhel. Nas eleições de 2014 concorreu nas listas de Laurent Jeanne, mas decidiu sair para integrar a lista da dissidente Marie Nguyen-dinh.

A candidata portuguesa devia ser a segunda da lista de Marie Nguyen-dinh. “Vou ser o braço direito de Marie Nguyen-dinh” disse ao LusoJornal. E implicou-se “a fundo” na campanha eleitoral.

Mas neste início de fevereiro, a relação entre as duas mulheres foi-se deteriorando. “Ela ía mexendo na lista, subia uns, descia outros, sem informar a equipa, até que eu lhe perguntei exatamente em que ponto estava a lista”. Na semana passada, Irène de Oliveira Carmo ficou a saber que afinal já não seria a número dois da lista, mas desceria… para número 5!

A candidata não gostou da metodologia. “Ela estava a trair-me nas minhas costas” queixou-se ao LusoJornal.

E com Irène de Oliveira Carmo as decisões tomam-se muito rapidamente. Na terça-feira ficou a saber que desceu de posição na lista de Marie Nguyen-dinh, na quarta-feira anunciou que saía da lista e horas depois recebeu em casa uma delegação da LREM para a convidar. Na sexta-feira a lista foi apresentada na Prefeitura, segundo a candidata.

“Jean-Michel Schmitt veio a minha casa com o número dois da lista e com o Sr. Albano Mota” explicou ao LusoJornal. “Fizeram-me a proposta de ser 4ª da lista e eu aceitei o convite”. Irène de Oliveira Carmo explicou ainda que “aqui as coisas são feitas com muito profissionalismo, há uma equipa organizada, um programa, as coisas são feitas com método” disse ao LusoJornal.

Jean-Michel Schmitt foi professor de mecânica, mas exerce a missão de Inspetor Geral da Educação Nacional. É apresentado pela LREM como membro de uma família implementada há quatro gerações em Champigny.

 

Comunidade
X