Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O avançado brasileiro Neymar ficou de fora dos convocados do Paris Saint-Germain que recebe o Nîmes do lusodescendente Florian Miguel, neste domingo, num jogo a contar para a primeira jornada da Liga francesa de futebol.

Em declarações aos jornalistas, Leonardo, diretor desportivo brasileiro do PSG, confirmou a existência de “conversações mais avançadas do que antes”, sobre a saída do avançado brasileiro, acrescentando que o Paris Saint-Germain “ainda não está pronto para dar o seu acordo”.

Neymar, de 27 anos, foi contratado pelos parisienses ao FC Barcelona por 222 milhões de euros.

Esta novela ainda não acabou, no entanto, o caso de acusação de violação no Brasil foi ele arquivado.

Caso arquivado no Brasil

O Ministério Público de São Paulo recomendou o arquivamento da queixa de violação contra Neymar, o que já levou a uma reação do jogador do PSG no Instagram:

“Este vai ser um capítulo jamais esquecido na minha vida por muitos motivos, o principal deles “o dano” causado em mim, na minha família e nas pessoas que realmente me conhecem. Vou ser sincero e não vou dizer que estou feliz, mas sim aliviado. A cicatriz vai continuar para me lembrar o quanto o ser humano é capaz de fazer coisas boas mas também de fazer coisas ruins! Sim, meu mundo desabou e fui para o chão … mas como diz uma lenda no jiu-jítsu “para muitos o chão é o fim de tudo, para nós é só o começo”. Que seja o começo não só para mim, mas para todos que sofreram esse tipo de falsa acusação e principalmente para toda a mulher que é realmente vítima deste ato. O meu desejo é que vocês sejam fortes, lutem e consigam tudo que todas vocês merecem! Obrigado Deus por tudo, sempre”, escreveu Neymar no Instagram.

O Ministério Público de São Paulo recomendou, através da procuradora Flávia Merlini, o arquivamento da queixa : “Após mais de um mês de exaustiva diligência feita pela delegacia e pelo acompanhamento do MP, decidimos pelo arquivamento por não haver provas suficientes do que foi alegado pela própria vítima”, afirmou a procuradora, em conferência de imprensa.

A modelo brasileira Najila Trindade Mendes de Souza apresentou uma queixa a 31 de maio, acusando Neymar de a ter violado no dia 15 do mesmo mês, num hotel de Paris.

“É impossível saber o que se passou entre quatro paredes. É a palavra dela contra ele, e não dispomos de provas suficientes para formar uma acusação”, acrescentou a procuradora, sublinhando as contradições no inquérito. “Todas as provas circunstanciais entram em contradição com o que foi alegado”, disse.

No entanto uma nova queixa foi apresentada em França contra Neymar.

Adepto do Rennes avança com queixa

O internacional brasileiro Neymar já está envolvido noutro ‘escândalo’ judicial. Um adepto do Rennes decidiu que vai levar o jogador do PSG a tribunal. Nélson, o referido adepto que foi agredido por Neymar, acusa o jogador de violência.

Recorde-se que, em causa estão os acontecimentos ocorridos a dia 27 de abril, quando o Rennes derrotou o PSG nas grandes penalidades e venceu a Taça de França. O adepto insultou os jogadores do emblema parisiense quando estes se dirigiam para a entrega das medalhas, e acabou por ser agredido pelo craque canarinho.

As novelas em torno da estrela brasileira ainda não acabaram.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.3
X