Parlamento debate este mês apoio aos órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro

Comunidade

 

A porta-voz da conferência de líderes da Assembleia da República, a Deputada do PS Maria da Luz Rosinha, disse aos jornalistas que no próximo dia 21 de dezembro, o Parlamento português vai debater um projeto-lei do PS que visa assegurar o acesso às campanhas de publicidade institucional do Estado aos órgãos de comunicação social direcionados às Comunidades portuguesas no estrangeiro.

“É para nós uma iniciativa legislativa de grande importância. Ao longo dos últimos anos, estes órgãos de comunicação social têm sido centrais para criar no estrangeiro o espírito de Comunidade. O apoio aos órgãos de comunicação social da diáspora é fundamental”, justificou o líder parlamentar do PS, Eurico Brilhante Dias, em declarações aos jornalistas, no final da conferência de líderes.

O Presidente da bancada socialista disse que o PS escolheu este momento, em que muitos emigrantes vêm a Portugal passar o Natal, para apresentar esta iniciativa que legisla o apoio a estes órgãos de comunicação social. “É um contributo muito importante para aproximar os Portugueses que vivem no exterior”, defendeu.

O projeto prevê que uma percentagem da publicidade instituição do Estado passe a ser utilizada também nos órgãos de comunicação social portugueses no estrangeiro, e não apenas nos de Portugal. A iniciativa é do Deputado Paulo Pisco, eleito pelo círculo eleitoral da Europa, e o trabalho já tinha sido iniciado na anterior legislatura.

 

Donativos LusoJornal