Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

Na Diocese de Lyon, as regras de distanciamento e de higiene devido à Covid-19 são mantidas nas Paróquias onde a Comunidade católica portuguesa tem as suas celebrações e atividades.

As igrejas podem acolher em presencial, respeitado o porte de máscara e de distanciamento, para além da desinfeção, no final das celebrações, dos bancos e locais.

Cerca de 150 pessoas podem reunir-se na igreja de St. Luc, em St Foy-lès-Lyon, 170 na igreja de St. Bruno, no bairro da Croix Rousse, 140 na igreja da Natividade, em Villeurbanne, e perto de 170 na igreja da Ste. Famille, também em Villeurbanne.

Estamos no período litúrgico da Quaresma e da Páscoa, e as duas celebrações importantes que se aproximam são o domingo de Ramos, dia 28 de março, e o domingo de Páscoa, dia 4 de abril. A Comunidade portuguesa tem a possibilidade de participar nestes momentos importantes da fé Cristã, com celebrações em português, e de viver as tradições Pascais portuguesas, como a procissão e a benção dos Ramos, no domingo 28 de março, às 11h30, na Paróquia de Ste. Famille, no bairro da Dua, em Villeurbanne.

No domingo de Páscoa, os dois locais de celebração são a Paróquia da Natividade, às 8h30 e a Paróquia de St. Bruno, às 10h30. As celebrações terão animação com cânticos litúrgicos, interpretados pelos grupos corais da Comunidade portuguesa.

“Para todo o cristão católico, é nesta época que deve por em exame a sua vida espiritual. Uma vez por ano, devem ir à confissão e comungar, devem por em reflexão a sua vida de todos os dias e estipular objetivos de mudança positiva” disse ao LusoJornal Georgina Santos, uma responsável da Pastoral. “Todas as condições estão reunidas para que este tempo de Quaresma e de Páscoa seja também um momento para renascer e de conversão para muitos”.

Para mais tarde, está em projeto a tradicional peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, no dia 9 de maio, em Fourvière. Por esta ocasião, a Comunidade costuma responder sempre presente, em grande número, mas o número de pessoas que podem ser acolhidas no interior da Basílica de Fourvière, para esta celebração, está condicionado. A Pastoral promete dar indicações mais tarde sobre se vai manter ou anular destas celebrações.

 

Religião
X