Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Stade Toulousain sagrou-se pela 20ª vez Campeão de França de râguebi ao derrotar o Clermont por 24-18. O lusodescendente Thomas Ramos levantou pela primeira vez o ‘Bouclier de Brennus’.

No Stade de France, perante cerca de 80 mil espetadores, as duas melhores equipas do Top-14 defrontaram-se. O Toulouse acabou no primeiro lugar na fase regular, enquanto o Clermont terminou na segunda posição.

O Clermont até começou melhor o encontro. Apesar do Franco-Português Morgan Parra não estar presente, por causa de uma lesão, a equipa de Clermont-Ferrand marcou os três primeiros pontos e passou para a frente do marcador.

A equipa da ‘Ville Rose’ reagiu e empatou a 3-3 pelo lusodescendente Thomas Ramos, que dirigia por completo os seus colegas dentro das quatro linhas.

O Clermont continuou no entanto na frente do marcador com mais três pontos apontados pelo Escocês Greig Laidlaw. O jogo decidia-se nas penalidades. Thomas Ramos respondeu e empatou novamente o encontro a 6-6.

O primeiro momento marcante do encontro chegou aos 28 minutos com um ensaio de Yoann Huget para o Stade Toulousain. No intervalo, após 40 minutos de jogo, o Toulouse levava a melhor por 11-9.

A segunda parte acabou por ser a favor da equipa do Sul da França. Rapidamente o Franco-Português Thomas Ramos marcou mais três pontos, Yoann Huget apontou mais um ensaio (5 pontos) que foi transformado por Thomas Ramos, que ainda marcou mais três pontos. No total 13 pontos em apenas 26 minutos.

O Clermont conseguiu manter-se perto do Stade Toulousain com penalidades, sendo que Greig Laidlaw marcou 15 pontos e Camille Lopez apontou 3 pontos.

Insuficiente para derrotar o Toulouse que soube gerir até ao fim do encontro. Thomas Ramos terminou com 14 pontos apontados, enquanto Yoann Huget marcou 10 pontos.

O internacional francês, com origens portuguesas, Thomas Ramos foi um dos protagonistas desta final com Yoann Huget.

O Stade Toulousain, com o lusodescendente Thomas Ramos venceu por 24-18 e sagrou-se pela 20ª vez Campeão de França de râguebi. Um título que escapava à equipa do Sul da França desde 2012.

O Clermont, onde atua o lusodescendente Morgan Parra, perdeu pela 12ª vez numa final, vencendo dois troféus de Campeão em 2010 e 2017.

De notar que na próxima época, o internacional português Mike Tadjer vai representar o Clermont – ASM Clermont Auvergne. O clube francês conta também com o vice-presidente português Isidore Fartaria.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.5
X