Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Foi publicado esta semana o Relatório do Governo francês sobre a situação dos Franceses residentes no estrangeiro em 2018. Segundo o Instituto francês de estatística (INSEE) o número de Franceses residentes no estrangeiro deve rondar os 3,4 milhões, mesmo se nem todos estão inscritos no Registo mundial dos Franceses Expatriados.

Segundo o relatório, no dia 31 de dezembro de 2017 estavam inscritos no Registo mundial dos Franceses residentes no estrangeiro 1.821.519 cidadãos franceses, tendo aumentado 2,21% em relação a 2016.

Na União Europeia (fora de França) residem 673.316 Franceses e os países que viram a Comunidade de franceses aumentar mais foram Malta (+16,77%), Suécia (+7,93%), Eslováquia (+6,51%) e Portugal (5,73%).

Em Portugal viviam em 2005, 11.956 Franceses. Em 2015 esse número subiu para 15.248 e em 2017 para 17.432.

No entanto, se considerarmos o Registo mundial, os primeiros países onde residem mais Franceses são a Suíça, os Estados Unidos, o Reino Unido, a Bélgica, a Alemanha e o Canadá. Estes países acolhem cerca de 46,5% dos Franceses Expatriados.

Para acompanhar administrativamente este contingente, no dia 1 de janeiro de 2016 a França tinha 213 Postos consulares, dos quais 89 Consulados e Consulados Gerais, 120 Secções consulares de Embaixada, 2 Chancelarias descentralizadas, 1 Antena consular e 1 Escritório consular. Mas a França tem também uma vasta rede de cerca de 500 Agências consulares e 514 Cônsules honorários.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 6 Votos
6.1
X