Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

Stéphane Pinto, neto de um soldado português que combateu em França durante a I Guerra Mundial, foi eleito este fim de semana Maire de Ambleteuse, com apenas 19 votos de diferença para o segundo candidato.

A eleição de 2020 foi anulada pela justiça e estavam em corrida dois candidatos, Arnaud Lelièvre du Brœuille, que ganhou em 2020, também com apenas 16 votos de diferença, e Stéphane Pinto, que tinha ficado em segundo lugar em 2020.

Stéphane Pinto acabou por ganhar a eleição com 650 votos, contra 631 votos para o seu opositor.

A taxa de participação ultrapassou os 72%, mostrando que as eleições municipais acabam por mobilizar mais do que as eleições legislativas, regionais e departamentais.

Arnaud Lelièvre du Brœuille era Maire de Ambleteuse desde 2014 e voltou a ser eleito em 2020, mas a justiça anulou a eleição por terem sido distribuídos panfletos ultrajantes.

Ambleteuse é uma das localidades que acolheu os soldados do Corpo Expedicionário Português (CEP) durante a I Guerra mundial.

“Novo desafio. Estou muito contente pela minha terra e pelos seus habitantes” escreveu Stéphane Pinto nas redes sociais. “Meterei tanta força a defender os interesses dos habitantes de Ambleteuse, como meti ao serviço do combate contra a pesca elétrica”.

Também ele pescador, Stéphane Pinto foi representante dos pescadores e foi bastante mediatizado em duas lutas recentes: na defesa dos pescadores franceses durante as negociações do Brexit com o Reino Unido e na luta contra a pesca elétrica.

 

Comunidade
X