Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Benfica vai defrontar nesta quinta-feira 19 de dezembro os Franceses do Tours VB no Pavilhão n° 2 da Luz, pelas 21h00 (hora francesa), num jogo a contar para a 3ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões de voleibol.

Recorde-se que o Benfica venceu os Polacos do Verva Varsóvia, por 3-1, e foi derrotado na primeira jornada pelos Italianos do Perugia por 3-1.

Quanto ao Tours VB, os Franceses acabaram por perder por 0-3 frente aos Italianos do Perugia, e foram derrotados na jornada inaugural pelos Polacos do Verva Varsóvia também por 3-0.

Carlos Teixeira, agora com 43 anos, antigo internacional português que atuou no Tourcoing e no Poitiers, sendo Campeão de França com o Poitiers, e que também vestiu a camisola do Benfica, com o qual foi Campeão de Portugal, fez uma antevisão do encontro entre os encarnados e o Tours para o LusoJornal.

O que podemos esperar deste encontro entre o Benfica e o Tours?

Não tenho dúvidas que vamos assistir a um grande jogo de voleibol! O Benfica tem feito uma boa gestão do plantel e entra em campo na máxima força. Não esqueçamos que o Benfica teve de fazer 3 eliminatórias até chegar a esta fase de grupos, por isso as pernas podem não estar tão frescas como as dos Tourangeaux mas a motivação está lá toda!

A diferença entre o voleibol francês e português ainda é enorme, mas entre o Benfica e o Tours, a diferença é assim tão grande?

A tua análise é correta. A diferença, no geral, é mesmo enorme. Agora, se compararmos, especificamente, o Benfica com o TVB quase não existe. Isto, na minha opinião, é o resultado de uma conjugação de vários fatores. Os velhotes estão a jogar como nunca! A vinda do treinador Marcel Matz veio trazer uma abordagem diferente ao jogo, depois o team manager Rui Guedes tem feito um grande trabalho e, por último, José Jardim passou de treinador (após vinte e tal anos de experiência) para diretor desportivo o que veio dar ainda mais estabilidade e conhecimentos à estrutura no seu todo.

Como antigo jogador do Benfica e do Poitiers, antigo rival do Tours, o coração vai ser encarnado?

O meu coração vai ser e é encarnado. No meu tempo, entre 2004 e 2008 ganhamos um campeonato e três taças de Portugal. Por isso sinto inveja desta malta quando pode jogar esta prova rainha pelo clube que gosta. Como imaginas tenho muitos amigos do lado do Benfica. Até um familiar tenho. E depois não me esqueço de todos os derbis que disputei na Salles Grenon ao serviço do Poitiers!

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
8.4
X