Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Jóni Brandão (Efapel/na foto) venceu hoje a quarta etapa da Volta a Portugal em bicicleta, no Alto da Torre, na Serra da Estrela, onde Amaro Antunes (W52-FC Porto) segurou a liderança, ao terminar no terceiro posto.

O segundo classificado da prova em 2015, 2018 e 2019 conquistou pela primeira vez a emblemática chegada no ponto mais alto de Portugal continental, ao concluir os 148 quilómetros desde a Guarda em 04:19.02 horas, menos três segundos do que o Português Frederico Figueiredo (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), o Português Amaro Antunes e o Espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto).

De referir que o melhor francês foi Simon Carr (Nippo Delko One Provence) que terminou no 19° lugar a 3 minutos e 53 segundos do vencedor da etapa. No que diz respeito ao melhor elemento de uma equipa francesa, foi o Espanhol Delio Fernández da equipa Nippo Delko One Provence que acabou na 7ª posição a 17 segundos de Joni Brandão. Quanto ao melhor atleta da Arkéa-Samsic, foi Anthony Delaplace que terminou no 25° lugar a 5 minutos e 08 segundos do vencedor da etapa.

 

Amaro Antunes, cada vez mais ‘amarelo’

Na classificação geral, o algarvio Amaro Antunes manteve a vantagem de 13 segundos sobre o Português Frederico Figueiredo e de 1.13 minutos sobre o Espanhol Gustavo Veloso, enquanto o Português Jóni Brandão subiu ao quarto posto, a 1.17, por troca com o português João Benta (Rádio Popular-Boavista), agora quinto, a 1.27.

De referir que o melhor francês na geral é Simon Carr (Nippo Delko One Provence) que ocupa a 20ª posição a 7 minutos e 01 segundo de Amaro Antunes. No que diz respeito ao melhor elemento de uma equipa francesa, é o Espanhol Delio Fernández da equipa Nippo Delko One Provence que está no 9° lugar a 2 minutos e 31 segundos do líder. Quanto ao melhor atleta da Arkéa-Samsic, é Anthony Delaplace que está no 21° lugar a 7 minutos e 06 segundos do líder da prova.

De notar ainda que Simon Carr (Nippo Delko One Provence), ciclista franco-britânico, lidera a geral da Juventude, a camisola branca, com 6 minutos e 39 segundos de vantagem sobre o Português Pedro Miguel Lopes da equipa Kelly-Simoldes-UDO.

Recorde-se que duas equipas francesas estão presentes na Volta a Portugal em bicicleta: Arkéa-Samsic e Nippo Delko One Provence.

Na sexta-feira, o pelotão vai percorrer os 176,3 quilómetros da quinta etapa, entre Oliveira do Hospital e Águeda, onde a chegada deverá ser propícia ao ‘sprint’, depois de duas contagens de montanha de quarta categoria, na primeira metade do trajeto.

 

Desporto
X