Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Antony e Arcos de Valdevez assinaram Protocolo de geminação

Arcos de Valdevez e Antony assinaram na sexta-feira da semana passada um protocolo de geminação, numa iniciativa da Conselheira municipal de Antony, Rosa Macieira Dumoulin, nascida em Soajo.

Antony passa agora a ter 9 protocolos de geminação, com cidades europeias, mas também americanas ou do Médio Oriente. “Faltava-nos Portugal” confessa ao LusoJornal o Maire Jean-Yves Sénand. Quando a Conselheira Municipal sugeriu Arcos de Valdevez, “ficámos muito entusiasmados, porque é uma vila bonita e com história. Antony não tem história, é uma cidade nova, dos arredores de Paris, tenta ter um futuro, mas por enquanto não tem história e nós gostamos de cidades com história”.

Para Jean-Yves Sénand, estas geminações servem para enriquecer os habitantes da cidade. Ficam a conhecer uma outra terra. “Nós queremos que os habitantes de Antony descubram Portugal e em particular os Arcos de Valdevez. Vamos fazer tudo para promover os Arcos e para motivar as pessoas a visitar a região”. E Jean-Yves Sénand acrescenta que “cada vez há mais Franceses que vão de férias a Portugal, e alguns vão até para além das férias” aludindo aos Franceses que passam a residir definitivamente em Portugal”.

Rosa Macieira Dumoulin saiu de Soajo com apenas 5 anos de idade. Passou a fronteira a salto, no Lindoso, com a mãe, a avó e a irmã. Instalou-se primeiro em Valenciennes, depois em Versailles e desde 1994 mora em Antony. “Parece que vivi aqui desde sempre, sinto-me bem aqui” diz ao LusoJornal.

“Além de ser eleita da República francesa, Portugal continua no meu coração” diz a Deputada municipal. “A amizade entre a França e Portugal existe há muitos anos, existe desde sempre, mas entre falar e fazer com que ela seja viva,… eu gostava de fazer conhecer uma parte de Portugal”.

Antes de submeter a proposta aos colegas autarcas de Antony, Rosa Macieira Dumoulin vou a Portugal encontrar-se com o Presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez. “O João Esteves, quando o encontrei, deu-me vontade de fazer descobrir os Arcos aqui em França. Quero mostrar que temos cidades dinâmicas em Portugal”.

Na próxima semana uma delegação de Antony desloca-se a Arcos de Valdevez para assinar a segunda parte do documento. “Gostava que houvesse mais intercâmbios entre escolas e liceus. Mas gostava que os serviços se encontrassem. Nós temos muito a aprender uns com os outros. Por exemplo quando Antony tem problemas com estradas, com luz ou com outras coisas, os Arcos têm os mesmos problemas. Se a gente se fala, trabalharmos juntos encontraremos melhores soluções”.

Trocar experiências sobre o que faz cada uma das administrações é também um objetivo do Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez. Os intercâmbios escolares estão previstos “e nós temos tido já uma experiência em intercâmbios com as crianças que aprendem francês nas nossas escolas” explica João Esteves. “Temos também a particularidade de ter uma escola profissional na área da gastronomia e queremos trocar experiências com França” conta ao LusoJornal.

As questões económicas e sobretudo o turismo, estão previstas no Protocolo de geminação. “Estamos inseridos no único parque nacional em Portugal, o Parque Nacional da Peneda Gerês e temos de promover esta região aqui na zona de Paris”.

João Esteves explica que “somos um concelho com muitos emigrantes, e nós queremos que no processo de desenvolvimento dos Arcos de Valdevez estejam os que moram lá 365 dias, mas também aqueles que sentem Arcos de Valdevez 365 dias por ano. Nós queremos que todos os Arcuenses, onde quer que eles morem, na Europa, na América ou na África, se envolvam connosco”.

O LusoJornal acompanhou uma visita dos dois autarcas ao Mercado de Antony. João Esteves foi abordado várias vezes por cidadãos dos Arcos de Valdevez que o reconheciam na rua. E antes de regressar a Portugal, no domingo passado, ainda foi a Dammarie-les-Lys, cidade com a qual também tem um relacionamento estreito, assim como tem com Décines, perto de Lyon, e Cenon, junto a Bordeaux.

 

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 6 Votos
1.5
X