Bruno Joos de ter Beerst prestou homenagem aos soldados portugueses na Grande Guerra em Gand

Donativos LusoJornal

Depois da Batalha de La Lys, uma parte dos soldados do Corpo Expedicionário Português (CEP) que participaram na I Guerra mundial seguiram para a Bélgica.

No dia em que se comemorou o Armistício da Grande Guerra, o Cônsul Honorário de Portugal em Gand, Bruno Joos de ter Beerst, depositou, sozinho, uma coroa de flores em frente à Placa que presta homenagem aos soldados portugueses naquela cidade da Flandres.

Numa entrevista a António Marrucho, Bruno Joos de ter Beerst explica que o pai tinha estufas de flores perto de Cascais e que provavelmente os cravos do 25 de abril são cravos luso-belgas!