Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Comunidade

 

A vila de Castro Verde vai dispor, a partir de terça-feira, de um Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) para prestar informações e apoio aos portugueses e lusodescendentes residentes na diáspora.

Segundo a Câmara de Castro Verde, no distrito de Beja, o GAE pretende também incrementar e acentuar as relações com os munícipes e respetivos familiares residentes na diáspora.

O GAE vai ser apresentado na segunda-feira, ao fim da tarde, e começar a funcionar no dia seguinte, no IN Castro – Centro de Ideias e Negócios de Castro Verde.

O novo serviço foi criado pelo município no âmbito do Programa de Apoio ao Investidor da Diáspora, promovido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros em parceria com o Ministério da Coesão Territorial.

 

Donativos LusoJornal
X