Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Coleção de Joana Vasconcelos para a Roche Bobois foi apresentada em Paris

LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga LusoJornal / António Borga

A marca de mobiliário francesa Roche Bobois desafiou Joana Vasconcelos a reinterpretar alguns dos seus modelos mais icónicos, incluindo o emblemático sofá Mah Jong. O resultado é uma coleção única, em que a artista recorre aos materiais e técnicas que utiliza na sua obra para conferir uma dimensão escultórica às peças da Roche Bobois.

Foi um encontro improvável entre a artista portuguesa e a marca francesa, que deu origem a uma reinterpretação de seis modelos de mobiliário com a assinatura “A Arte de Viver”.

Joana Vasconcelos apropriou-se das peças, imprimindo a sua identidade e as suas intenções artísticas, respeitando a essência mesmo das peças. As obras foram apresentadas em Paris na semana passada, sem a presença da artista portuguesa.

“A vida quotidiana é a minha fonte de inspiração. As minhas obras são concebidas a partir de elementos e de materiais do quotidiano” explica Joana Vasconcelos.

A sua criatividade interroga o lugar da mulher no mundo contemporâneo, pondo em destaque as tradições artesanais e as técnicas portuguesas. “Enquanto mulher e Portuguesa, as técnicas e os materiais próprios à minha cultura são essenciais: os azulejos que revestem tanto os interiores como os exteriores dos nossos edifícios, ou ainda os naperons realizados em crochet que estão presentes nos interiores portugueses e que cobrem os cadeirões, as mesas e até as televisões”.

Duas cadeiras Ava, os cadeirões Lady B e Nuage, as mesas de salão Sismic e Cute Cut, assim como uma composição da iconografia de Mah Jong foram primeiro apresentadas no atelier da artista, em maio, em Lisboa, no quadro da Feira de arte contemporânea ARCOLisboa, depois esteve na loja da Roche Bobois de Genève, de 30 de setembro até 4 de outubro, antes de vir para Paris, onde esteve na semana passada, de 14 a 20 de outubro, na loja da marca na Avenue de la Grande Armée.

As obras vão agora viajar para Miami, onde vão ser apresentadas de 5 a 8 de dezembro, no quadro da Feira internacional de arte contemporânea ART BASEL, onde serão vendidas em leilão.

Os fundos recolhidos vão para a Fundação Joana Vasconcelos, um organismo caritativo que tem por objetivo a promoção e o desenvolvimento da arte através de projetos educativos.

Para Joana Vasconcelos, “esta colaboração com Roche Bobois representa a aliança perfeita entre Arte, Design e Vida”.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 7 Votos
3.7
X