Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Polícia Judiciária (PJ) de Viseu deteve três homens e uma mulher suspeitos de crimes de sequestro, ofensas à integridade física, furto e burla informática, de que foram vítimas vários cidadãos franceses.

O grupo atraía as vítimas a Portugal e depois «recorriam a violência, privações da liberdade e a manobras fraudulentas» para lhes subtrair «avultadas quantias monetárias».

De acordo com a PJ, os cidadãos franceses eram contactados via internet pela mulher «que os ia seduzindo para virem passar uns dias à cidade de Viseu para encontros amorosos». Ali chegadas, as vítimas eram conduzidas a uma luxuosa vivenda «faustosamente decorada, onde se encontravam os quatro elementos do grupo, com idades entre os 22 e os 61 anos, que se identificavam com nomes falsos».

«Durante o primeiro dia da estada de cada vítima, os suspeitos acediam aos seus cartões de crédito/débito e aos respetivos códigos secretos, usando-os depois para efetuar levantamentos e compras diversas», afirma a PJ.

Quando as vítimas se apercebiam que estavam a ser espoliadas e reagiam, «eram agredidas e enclausuradas numa das divisões da casa».

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
6.4
X