Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Com a saída de Alain David, eleito Deputado da 4a circunscrição da Gironde, Jean François Egron foi eleito Maire de Cenon e a Maire-Adjointe Fernanda Alves passou a ter novas responsabilidades.

Para além da “gestão urbana de proximidade, da prevenção da delinquência e da mediação”, pelouros que já ocupava, passou a ser a Maire-Adjunta para um dos três bairros de Cenon, o “Bas Cenon”.

Cenon é uma cidade dos arredores de Bordeaux.

Fernanda Alves chegou à Mairie de Cenon pelas mãos de Alain David e por indicação de António Rodrigues, o Presidente da Associação Alegria Portuguesa da Gironde.

“Desde 1995 que Alain David foi Maire e sempre esteve presente com a Comunidade portuguesa, nunca deixou de visitar uma associação, nunca deixou de cumprimentar os Portugueses. Qualquer Português que batesse à porta, ele estava sempre pronto a ajudar” diz Fernanda Alves ao LusoJornal.

“Quando os bombeiros estiveram em dificuldade em Portugal, a primeira coisa que se fez, foi mandar camiões de bombeiros para Portugal”.

Presidente dos Bombeiros na região de Aquitaine, Alain David tinha a possibilidade de poder pôr de lado camiões e material para mandar para Portugal. “Como de 4 em 4 anos o material tem que ser renovado, ele pedia a autorização para pôr de lado tudo o que estivesse em bom estado. Levámos então 8 camiões para Paredes de Coura e 2 para Arcos de Valdevez” garante Fernanda Alves.

Cenon começou por fazer uma geminação com Paredes de Coura, “que funciona muito bem”. “Ao entrar na Mairie, em 2008, foi a minha primeira missão” diz a Maire-Adjointe. Na altura, Fernanda Alves não tinha a nacionalidade francesa e por isso só podia ser Conselheira Municipal. O assunto resolveu-se depois, porque adquiriu a nacionalidade, “sem perder a nacionalidade portuguesa, claro, porque serei Portuguesa sempre”.

Mas em Cenon há três associações com dirigentes de Arcos de Valdevez, e tem uma forte Comunidade dessa região. O Presidente da Câmara municipal de Arcos de Valdevez, na altura Francisco Araújo, propôs a Fernanda Alves a assinatura de uma Parceria económica e cultural.

Há 8 anos decidiu criar uma feira de produtos portugueses em Cenon. Inspirou-se fortemente da Feira de produtos regionais organizada pela ARCOP de Nanterre, mas em Cenon o evento tem lugar ao ar livre.

Antes do verão, também por iniciativa de Fernanda Alves, a autarquia de Cenon assinou um Protocolo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, idêntico ao que também já foi assinado com Pontault-Combault e com Sufflenheim.

“Já fizemos intercâmbios com jovens e crianças anteriormente, recebemos tunas, podemos fazer festivais, e regularmente recebo pessoas e famílias carenciadas que vêm bater à minha porta” diz ao LusoJornal.

Aliás, em Cenon existe uma das mais reputadas salas de espetáculo da Aquitaine, o Le Rocher de Palmer, que já acolheu espetáculos de Ana Moura, Kátia Guerreiro, Marco Rodrigues ou ainda António Zambujo, entre outros.

Para além da associação Alegria Portuguesa da Gironde, em Cenon estão também instaladas as associações Moto Club Português e Os Lusitanos. Por outro lado, Carlos Cunha, o irmão de Fernanda Alves, é o Vice-Presidente da O2 Radio, uma rádio regional instalada precisamente em Cenon e com 14 horas semanais em língua portuguesa, “que ajuda bastante na promoção dos eventos associativos e da Comunidade”.

Fernanda Alves é a prova que a rede de autarcas de origem portuguesa em França podem ter grande importância para Portugal.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 16 Votos
6.5
X