Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Mais de 1,4 milhões de eleitores residentes no estrangeiro recebeu em casa um boletim de voto para poder votar nas próximas eleições Legislativas.

Até à última eleição Legislativa de 2015 estavam recenseados pouco mais de 300 mil eleitores e desta vez, o boletim de voto foi enviado pela primeira vez para todos os cidadãos que têm Cartão de Cidadão com morada no estrangeiro.

Se não recebeu o boletim de voto é porque não reside na morada que consta do Cartão de Cidadão. O seu boletim de voto deve ter sido devolvido. Aproveite a vá atualizar a sua morada no posto consular mais próximo. Não custa nada, é um ato gratuito e demora apenas alguns minutos.

Quem lê regularmente o LusoJornal já foi descobrindo quem são os 21 candidatos que se apresentam a esta eleição pelo círculo eleitoral da Europa. Vamos continuar a apresentar-lhe aqueles que pretendem ser os nossos próximos representantes na Assembleia da República.

Para votar, ponha uma cruz no quadrado que está à frente da força política que escolheu. Não saia dos limites do quadrado senão anula o voto.

Não deve escrever nada no boletim de voto. Deve dobrá-lo em quatro e introduzi-lo no envelope verde. Feche esse envelope. Não escreva nada no envelope verde, não ponha mais nada dentro (apenas o boletim de voto).

Siga as instruções para fazer o invólucro resposta. Ponha dentro o envelope verde (tem de dobrar a ponta, como indicado) e envie também uma fotocópia do Cartão de cidadão.

Atenção, não ponha a cópia do Cartão do cidadão no envelope verde, senão anula o voto.

Tem de enviar o envelope imperativamente antes do dia 6 de outubro (dia das eleições). Para ter a certeza que chega a Portugal a horas, envie o mais cedo possível. Já tem selo, não tem de pagar nada.

Em Lisboa, no dia da contagem dos votos, vão verificar se o seu Cartão do cidadão corresponde com o nome do envelope e o seu envelope verde será inserido na urna, com os outros envelopes, garantindo assim o sigilo do voto.

Votar é muito importante. Até aqui, os valores da abstenção, na emigração, eram demasiado altos. Todos juntos, podemos mostrar que também sabemos participar.

Faça uma boa escolha!

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
9.1
X