Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Marseille: Mathieu Ferreira, o “Coluche do Mar”, a exemplaridade da solidariedade

Comunidade

 

Mathieu Ferreira, nascido em Marseille, é filho de José e Dinah, nativos de Lisboa. Filho de pescador, apaixonou-se, desde os sete anos, pela pesca submarina.

Fundador da associação “Les Pêcheurs du Cœur”, resolveu ajudar os pacientes com cancro, no Centro dos Cuidados Intensivos de Gardanne, onde esteve internada a mãe, devido a um cancro da mama.

Graças à sua paixão pelo mar, transmitida pela família, e pela pesca submarina, Mathieu Ferreira traz peixe fresco ao Centro para ser cozinhado por um chefe e ser degustado pelos pacientes e respetivas famílias. Os pacientes podem esquecer a doença por alguns momentos, comendo um ótimo peixe fresco e convivendo entre todos. Essa é a missão de Mathieu Ferreira.

O lusodescendente formou-se mesmo em psicologia positiva e em sofrologia para melhor ajudar as famílias e pacientes. Afinal ajudar outras pessoas, dar energia, alegria, era o que a mãe de Mathieu Ferreira desejava que o filho cumprisse. E ele realizou a promessa da mãe logo após a sua morte.

Desde então, multiplica várias ações de solidariedade, como visitar crianças doentes mostrando-lhes vídeos lúdicos sobre a fauna e a flora marinha que ele próprio realizou.

Recentemente teve a ideia brilhante de recuperar fatos de mergulho compostos de neopreno, para fazer tapetes e almofadas para os sem-abrigo, com o intuito de não terem frio este inverno, e vão fazer também para os animais de companhia, como os cães. Toda a confeção vai realizar-se num atelier, na próxima semana, em Meyreuil.

Mathieu Ferreira mantém a memória viva da mãe através de todas as suas ações.

Inspirado na história de Mathieu Ferreira, podemos identificar também essa bela homenagem à mãe, através de uma canção comovente, num vídeo realizado pelos artistas Sébastien Damiani e Faf Larage, aliás conhecido como o cantor de “Prison Break”.

Partilhar e juntar as pessoas graças ao mar é a força de Mathieu Ferreira. A nobreza da alma reside na beleza do verdadeiro amor.

 

Donativos LusoJornal
X