Migrantes: Portugal e França vão receber migrantes do navio Open Arms

Portugal e França vão receber migrantes que estão a bordo do navio da organização não-governamental espanhola Open Arms, no âmbito de um acordo que envolve outros quatro países europeus, anunciou hoje o Ministério da Administração Interna – MAI -.

“Portugal, Espanha, França, Alemanha, Roménia e Luxemburgo são os países que manifestaram esta disponibilidade para receber o grupo de pessoas, num gesto de solidariedade humanitária e de desejo comum de fornecer soluções europeias para a questão da migração e das tragédias humanas que se verificam no Mediterrâneo”, afirma o MAI em comunicado.

De referir que há duas semanas que o navio Open Arms aguarda ao largo da ilha italiana de Lampedusa a autorização para atracar num porto seguro.

O anúncio foi feito pouco depois de o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, ter escrito no Facebook que seis países europeus, o informaram da sua disposição para acolher parte dos 147 migrantes a bordo do navio.

Itália e Malta, os dois países mais próximos, recusaram receber o navio, mas na quarta-feira a justiça italiana autorizou o Open Arms a aportar em Lampedusa, suspendendo um decreto do ministro do Interior, Matteo Salvini, que proibia o navio de entrar em águas italianas.

Além do Open Arms, há um outro navio, o Ocean Viking, operado pelos Médicos Sem Fronteiras e a SOS Mediterranée, que aguarda, com 356 migrantes a bordo, autorização para aportar.

 

LusoJornal Artigos