Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Natal: Ação de solidariedade do empresário Jean Pina na Guarda

O empresário Jean Pina levou a cabo mais uma ação de solidariedade, distribuindo cabazes de Natal na Guarda, Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida e Mangualde.

Com o mote “Este Natal vamos multiplicar sorrisos no interior de Portugal! Um Natal igual para todos” partilhou mais de uma centena de cabazes recheados com todas as iguarias de Natal, onde o bacalhau, o bolo-rei, oferecido pelo conhecido cantor guardense Luís Filipe Reis, o azeite, os enlatados, a fruta, o açúcar, entre muitos outros produtos farão da noite mais “longa do ano” uma verdadeira noite embebida de espírito natalício.

João Pina ou Jean Pina como é mais conhecido em França emigrou aos 19 anos da sua terra natal, a pequena aldeia dos Meios, no concelho da Guarda. Está em França há mais de 30 anos onde dirige um grupo de empresas da área da construção civil, recolha de resíduos e limpeza.

Múltiplos são os sorrisos que tem proporcionado ao longo dos anos na ajuda firme aos que mais necessitam. É difícil relatar o muito que já fez em prol dos que mais precisam e quando pensamos que já não nos consegue surpreender, eis que mais uma vez a “luz” deste Natal brilha mais que nunca e a magia acontece de forma redobrada. Foram largos meses de árduo trabalho, mas conseguiu agregar cerca de 200 pessoas de vários “pontos do mundo”, empresários, figuras de Estado, cidadãos, pessoas particulares, para proporcionar um Natal sem igual no distrito da Guarda e de Viseu, mais concretamente na Guarda, através da Loja Social “Mão Amiga” gerida pela freguesia da Guarda, nos concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo e Almeida e na cidade de Mangualde.

Brinquedos, roupa, paletes com bens alimentares foram entregues antes do grande dia, o dia 20 de dezembro, que tem para si um duplo significado, é o dia do seu aniversário, mas também faz ano que perdeu o pai. No dia do seu aniversário prefere, em vez de receber presentes, oferecer afetos e sorrisos.

O dia 20 de dezembro ficará na história do benemérito Jean Pina pelo brilho no olhar dos que receberam os bens e pelas mensagens de afeto que amigos e autarcas da região lhe dirigiram. “O João Pina escolheu ser um construtor. Um fornecedor de tijolos de esperança, um mágico fazedor de sorrisos, temos que agradecer por isso a sua insistência e a sua resiliência perante a vida… se não estivesse nesta terra, o mundo não seria inteiro”, foi uma das muitas mensagens transmitidas.

A acompanhar este dia 20 esteve uma equipa do canal de televisão TVI, do programa “A tarde é sua” da apresentadora Fátima Lopes, que percorreu os caminhos da sua infância, nos Meios. Fizeram igualmente o acompanhamento da entrega de bens na empresa de Transportes Bernardo Marques, que de forma desinteressada transportou uma imensidão de caixas desde Paris até à Guarda.

De seguida a entrega de mais uma centena de cabazes no Centro de Dia e Lar de Idosos de Santana de Azinha, uma IPSS que teve um papel preponderante nesta longa missão, na pessoa da sua Presidente Rosária Santos e restante equipa.

Mais uma vez e ao som de vozes afinadas de “muitos anos de vida, para o João uma salva de palmas” foram tecidos mais elogios a este empresário sobejamente conhecido por terras “altaneiras”.

No dia 27 de dezembro Jean Pina regressará a Portugal para, em direto na TVI, falar da sua vida, uma vida plena de afetos para com os que mais precisam.

Com a voz e corpo cansados explicou ao LusoJornal que “foi uma verdadeira corrente solidária, tive muito, muito trabalho, eu, a minha esposa, os meus funcionários”, mas sem dúvida valeu a pena. “Fizemos com que crianças, idosos, pessoas com carências alimentares e bens de primeira necessidade passem um Natal mais especial, mais feliz. Não posso deixar de forma particular agradecer à Lusibanda Filipe pois sem ele não teria sido possível entregar tantos brinquedos e roupa”. No dia 19 de dezembro, no Centro de Dia e Lar de Santana de Azinha, estiveram presentes os seus amigos e cantores Johnny Gama e Luís Filipe Reis, que proporcionaram uma tarde diferente aos idosos.

Por fim Jean Pina agradeceu a todos os que participaram nesta campanha. “Na vida nada conseguimos sozinhos, por isso há Anjos a quem chamamos Amigos” e foram de facto muitos no Natal deste ano.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.1
X