Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O jovem português baleado no atentado terrorista em Carcassone, Renato Silva, já saiu do coma e está em contacto com a família. O anúncio foi feito por José Luís Carneiro.

«O Secretário de Estado das Comunidades tem estado em contacto permanente com a família e confirmamos que recebemos a mesma informação que foi avançada pela família à imprensa francesa, que o português saiu do coma», disse à Lusa fonte da Secretaria de Estado das Comunidades.

Renato Silva, de 26 anos, ficou ferido no atentado que ocorreu no sul de França a 23 de março e está internado no centro hospitalar de Perpignan. O jovem estava em coma induzido, com uma bala alojada do cérebro.

O jovem português retomou consciência e já fala, mas segundo a imprensa francesa ainda não foi tomada a decisão médica de extrair a bala que tem na cabeça.

O português foi baleado por Radouane Lakdim, quando estava no seu carro, tendo o passageiro que se encontrava com ele morrido na sequência dos tiros do atacante, que roubou a viatura e disparou sobre militares a caminho do supermercado onde viria a fazer uma tomada de reféns.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
6.2
X