Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

Os Portugueses residentes em França podem deslocar-se no fim de semana para votar nas Presidenciais ultrapassando a hora do recolher obrigatório caso apresentem uma justificação com o motivo de convocação judiciária ou administrativa, segundo o Governo francês.

“Os cidadãos portugueses podem votar desde que estejam munidos de uma justificação onde o motivo da deslocação seja: deslocações para uma convocatória judiciária ou administrativa”, respondeu o Ministério do Interior francês à Lusa.

Assim, mesmo com o recolher obrigatório em vigor em todo o país entre as 18h00 e as 06h00, os cidadãos portugueses vão poder votar nos 11 Consulados espalhados pelo território até às 19h00.

A Embaixada de Portugal em França informou as autoridades francesas da realização presencial das eleições presidenciais nos diversos consulados e pediu “tolerância” caso as deslocações se estendessem para além do recolher obrigatório imposto no país. “Informámos as autoridades francesas de que ia haver as eleições e pedimos, o que é delicado, a tolerância dos agentes da autoridade no caso de um lusodescendente que tivesse vindo votar e estivesse na estrada meia hora depois do recolher obrigatório”, afirmou o Embaixador de Portugal em França, Jorge Torres Pereira, em entrevista à Lusa.

A multa por incumprimento do recolher obrigatório em França é de 135 euros, para uma primeira transgressão.

Quanto à participação da Comunidade portuguesa nestas eleições, Jorge Torres Pereira espera que, pelo menos, quem votou nas últimas eleições também marque presença desta vez. “O ideal seria que cada pessoa que votou nas últimas eleições não tomasse a pandemia como uma razão para não votar desta vez e se nós conseguíssemos ter, pelo menos, o mesmo número de votantes, podíamos dizer que conseguimos não ter medo da Covid-19 para exercer o direito de voto”, concluiu.

 

Comunidade

 

X