Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Força Aérea Portuguesa resgatou na quarta-feira dois tripulantes do veleiro francês ‘Pinocchio’, que naufragou a 389 quilómetros a sudoeste das Lajes da ilha Terceira nos Açores.

Segundo uma nota de imprensa do gabinete de comunicação da Força Aérea Portuguesa, uma aeronave da Base Aérea N.º 11, em Beja, que se deslocou para a zona onde tinha sido reportado o alerta da embarcação, encontrou o veleiro “submerso, apenas com a proa à superfície, com dois tripulantes na água, agarrados ao casco”.

Os náufragos, que apresentavam sinais de hipotermia, foram resgatados por um helicóptero EH-101 Merlin, destacado na Base Aérea N.º 4 das Lajes, tendo sido transportados para o Hospital do Santo Espírito, na Ilha Terceira, nos Açores.

De acordo com a Força Aérea as condições meteorológicas no local “eram muito adversas, com ondas de nove metros, tendo os náufragos sido localizados após o lançamento de ‘flares’, um tipo de pirotecnia que produz uma luz brilhante ou um calor intenso sem explosão usada em situações de emergência.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
5.3
X