Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
yudlX-C4ryc
Donativos LusoJornal

Rita Nabeiro diz que não é muito supersticiosa, mas lá contou que quando era pequena fazia fisgas quando algum jogador adverso se aproximava da baliza do seu Benfica.

Numa entrevista conduzida por Ana Faria, conta, com carinho, o último raspanete que levou do avô, diz que é apaixonada por fotografia, mas esqueceu-se de contratar um fotógrafo para a inauguração da Adega Mayor (!) e até deixa uma recomendação de leitura: “A arte de fazer a alegria” de Tolentino Mendonça.

“Tricotar Janelas” são conversas à janela com Ana Faria, numa parceria entre as Matinés Pensantes e o LusoJornal.

 

Empresas
X