Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
E3VnJJQGLNE
Donativos LusoJornal

 

O Censo da população começou esta segunda-feira em Portugal. Claro que é impossível fazer um censo da população portuguesa residente no estrangeiro, mas seria importante “estudar” os Portugueses espalhados pelo mundo, não propriamente do ponto de vista quantitativo, mas sobretudo do ponto de vista qualitativo.

Seria importante para Portugal – e certamente traria algumas surpresas para muita gente – que se soubessem o que fazem os Portugueses residentes no estrangeiro, que formação académica e profissional têm, o que fazem e com quem vivem. Acreditamos que seja possível.

Para as eleições Presidenciais, foi-nos dito que as autoridades francesas não autoriza a instalação de mesas de voto fora dos espaços diplomáticos (Consulados e Consulados Honorários). Afinal é mentira! Nas eleições Legislativas de Cabo Verde, realizadas este domingo, em França houve muitas mesas de voto descentralizadas, em associações e em salas municipais.

Falamos ainda das eleições para os Conselheiros Consulares franceses que vão ter lugar no fim de maio, por meio eletrónico. Afinal é possível.

A Tertúlia do LusoJornal é um espaço de opinião sobre Comunidades e Política de Comunidades com a fundadora do Observatório dos Lusodescendentes Emmanuelle Afonso, os jornalistas Nuno Andrade Ferreira (Cabo Verde) e Carlos Pereira (França) e Nathalie de Oliveira, dirigente do PS em França e em Portugal.

 

Opinião
X