Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Eslovaco Peter Sagan (BORA-hansgrohe) venceu ao ‘sprint’ a quinta etapa do Tour de France em bicicleta, em que o Francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-Quick Step), 10.º classificado, segurou a liderança da classificação geral individual. Quanto a Rui Costa, o ciclista português atacou nos últimos quilómetros mas não conseguiu criar uma vantagem consequente para chegar isolado.

Sagan, que reforçou a liderança da classificação por pontos, cumpriu os 175,5 quilómetros entre Saint-Dié-des-Vosges e Colmar em 4:02.33 horas, batendo sobre a meta o Belga Wout van Aert (Jumbo-Visma), segundo colocado, e o Italiano Matteo Trentin (Mitchelton-Scott), terceiro.

Quanto aos Portugueses, Rui Costa (na foto) com a equipa UAE-Emirates acabou na 76ª posição com o mesmo tempo do vencedor, José Gonçalves terminou no 94° lugar com a equipa Katusha Alpecin a 8 minutos e 16 segundos de Peter Sagan, enquanto Nelson Oliveira com a equipa Movistar terminou no 102° lugar também a 8 minutos e 16 segundos do Eslovaco.

Na classificação geral, Julian Alaphilippe segue líder da prova, à frente de dois corredores da Jumbo-Visma, o Belga Wout Van Aert, que se aproximou com as bonificações e é segundo, a 14 segundos, e o Holandês Steven Kruiswijk, terceiro, a 25.

Na geral do Tour de France, os portugueses ocupam os seguintes lugares: Rui Costa está na 36ª posição a 1 minuto e 28 segundos do líder, Nelson Oliveira subiu para o 86° lugar a 18 minutos e 41 segundos, enquanto José Gonçalves ocupa o 97° lugar a 22 minutos e 38 segundos do Francês.

Na quinta-feira, a sexta etapa introduz a alta montanha na 106.ª edição do ‘Tour’, com uma ligação de 160,5 quilómetros entre Mulhouse e La Planche des Belles Files.

 

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.2
X