Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

No Ginásio Espace Roger Boisramé, em Pontault-Combault, a equipa parisiense venceu o Chartres por 33-29, num jogo a contar para a 21a jornada da segunda divisão de andebol. Um duelo entre vários internacionais portugueses Gonçalo Ribeiro (Pontault-Combault), Ricardo Candeias (Chartres), Fábio Magalhães (Chartres) e Miguel Baptista (Chartres), sendo que Nuno Roque não esteve presente do lado do Chartres por estar lesionado.

Em casa, com o apoio dos adeptos, a equipa do Pontault-Combault até nem começou da melhor maneira o encontro, estando sempre atrás do resultado até passar para a frente do marcador a 11-10 após vinte minutos de jogo. Com uma maior intensidade e uma melhor pontaria, a equipa caseira conseguia manter-se na frente do marcador.

Recorde-se que este encontro era decisivo para cada uma das equipas: Tanto o Pontault-Combault como o Chartres querem ficar nos lugares cimeiros e lutar pela subida de divisão.

No intervalo, o resultado fixou-se em 15-14 para o Pontault-Combault.

A segunda parte começou da mesma maneira que a primeira. A equipa parisiense dominava, mas o Chartres conseguia resistir nos primeiros minutos até 22-21 após 44 minutos de jogo. A partir daí o Pontault-Combault ganhou uma vantagem importante, sobretudo com mais uma noite inspirada do guarda-redes cubano do Pontault, emprestado pelo FC Porto, Alejandro Romero Carreras.

A perder por 27-22 o Chartres não encontrava as soluções para inverter o resultado. No fim dos 60 minutos de jogo, a equipa parisiense venceu por 33-29.

Do lado dos Portugueses, aquele que esteve mais tempo dentro das quatro linhas foi Fabio Magalhães, peça fundamental no esquema ofensivo do Chartres. O atleta português acabou com 6 golos apontados, sendo o melhor marcador da equipa. Quanto a Miguel Baptista não apontou nenhum golo bem como Gonçalo Ribeiro, a jogar perante o seu público. No que diz respeito ao guarda-redes luso Ricardo Candeias realizou quatro defesas em 15 remates.

Na tabela classificativa, o Pontault-Combault, com esta décima primeira vitória, sobe para o quarto lugar com 25 pontos a nove do líder, o Istres, que conta com 34 pontos. Quanto ao Chartres, com esta sexta derrota, permanece no segundo lugar com 28 pontos. Recorde-se que apenas o primeiro classificado sobe diretamente de divisão.

Na próxima jornada o Chartres recebe o Sélestat, a 13 de abril, pelas 20h00, enquanto a equipa do Pontault-Combault desloca-se a terreno do Billère, a 13 de abril, pelas 20h30.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.6
X