Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Benção dos Ramos em Clamart, uma tradição portuguesa

LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha

A Benção dos Ramos, na religião católica, acontece uma semana antes da Páscoa, no pontapé de saída para a Semana Santa.

Na região parisiense, uma cerimónia em Clamart, juntou uma centena de fiéis.

Jeremias Alberto Praia, Padre presente em Clamart para a bênção, admitiu que a fé na Comunidade continua forte. “É mais um ano a estar presente aqui com a Comunidade de Clamart para a bênção dos ramos, é um momento em que senti vida. Que entusiasmo, que fé dos Portugueses!”, afirmou o Padre antes de destacar a importância da contribuição portuguesa. “A contribuição da emigração portuguesa no crescimento da Igreja de Paris é visível. Temos uma Comunidade forte. É uma mais-valia para a Igreja de Paris e dos seus arredores”, reforçou Jeremias Alberto Praia.

Perante uma certa escassez de Padres, Jeremias Alberto Praia explicou-nos as razões que o levam a ser muito solicitado. “Temos a vantagem de falar português e claro, somos mais solicitados por causa disso. Nós iremos sempre onde há pessoas a pedir pela nossa participação”.

Sem fugir a certos assuntos que tocaram a Igreja Católica nas últimas semanas, Jeremias Alberto Praia prefere falar de união. “Os problemas que estão a sacudir a Igreja nos últimos tempos, provocam dores para as vítimas, dores para a Comunidade, mas não deixam afetar a Comunidade religiosa que continua viva”, concluiu o Padre que esteve presente em Clamart.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.6
X