Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Casa de Portugal em Champigny-sur-Marne vai ser inaugurada neste sábado 16 de novembro pelas 11h com a presença de Christian Fautré, Maire desta cidade da região parisiense, de António Lopes, Presidente da Associação Socio-Cultural e Recreativa de Champigny, bem como do Embaixador de Portugal, Jorge Torres Pereira, e da nova secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes.

Esta inauguração vai ser um momento único segundo António Lopes: “Esta Casa de Portugal representa muito para a Comunidade Portuguesa. É um acontecimento especial ainda por cima ser em Champigny-sur-Marne porque foi uma cidade que recebeu bem os Portugueses”, começou por referir ainda de acrescentar o que vai trazer de novo para a Associação: “Vamos ter um local onde a nossa Associação vão poder fazer as suas atividades, como a escola de português, ou ainda os ensaios do rancho folclórico. E fazer outras atividades que não podíamos fazer antes de ter esta Casa de Portugal”, assegurou.

Um projeto que levou cerca de dois anos a ser levado a cabo, sendo que foi necessário cerca de um ano de trabalho, e com o qual não houve problemas: “Não tivemos complicações. Os voluntários estiveram sempre presentes quando precisamos, e as empresas que nos ajudaram com o material também corresponderam às expetativas”, acenou o Presidente da Associação Portuguesa de Champigny.

Falando do objetivo desta Casa de Portugal é simples, será aberta a todos os Portugueses e também aos Franceses, “nas horas de abertura”, refere António Lopes. Aliás eventos poderão ser organizados nesta casa situada em Champigny-sur-Marne: “Se alguém quiser fazer uma exposição ou apresentar um livro, podem vir”, admitiu o Presidente da Associação.

Sábado de manhã será a inauguração, enquanto durante a tarde haverá vários espetáculos para o público. Acordeonistas, cantores, ranchos folclóricos vão passar pela Casa de Portugal para animar toda a tarde: “Que os Portugueses venham até Champigny. Primeiro para a inauguração e depois para uma tarde de entretimento, uma tarde agradável! Que as pessoas não fiquem em casa! Venham nos visitar. Terão tudo à disposição, inclusive uma parte dedicada à gastronomia portuguesa”, concluiu António Lopes.

 

Linda de Suza 19/20
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 10 Votos
7.9
X