Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Coordenação do ensino português em França está a recrutar dois professores de português, um para a região parisiense e outro para lecionar na Secção internacional de Grenoble.

O procedimento concursal simplificado para recrutamento local de dois professores do ensino português no estrangeiro foi aberto na semana passada, mas a Coordenação de ensino decidiu não divulgar esta informação no LusoJornal! Nos dois casos, trata-se de uma vacatura até ao final do ano letivo 2020-2021, “por inexistência de candidatos aos horários de História e Geografia na bolsa de recrutamento do concurso geral”.

Um dos professores vai lecionar em horário completo (22 horas) na Secção Internacional de Grenoble. O segundo

O segundo vai lecionar em 5 escolas diferentes nos departamentos 77 e 94, também em horário completo (22 horas): em Fontainebleau (Collège Lucien Cézard), em Champagne-sur-Seine (Escola Primária Maugé), em Nemours (Escola Primária Cherelles), em Saint Fargeau-Ponthierry (Escola Primária Saint-Exupéry) e em Bry-sur-Marne (Collège Henri Cahn).

O docente irá auferir a remuneração ilíquida mensal correspondente à tabela de remunerações dos professores de EPE em França: 3.715,92 euros se profissionalizados com mais de 15 anos de serviço, 3.378,10 euros para outros profissionalizados Licenciados e 3.040,28 euros se não-profissionalizados.

Segundo o editar da Coordenação de ensino, pode concorre quem possuir habilitação académica exigida para o exercício das funções inerentes ao posto de trabalho a que se candidatam; estejam devidamente habilitados para a docência de história e dominem a língua francesa; possuam formação comprovada por certificado, traduzido em português ou na língua francesa, passado por instituto de línguas que ateste de forma expressa a proficiência linguística correspondente ao nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (não é considerada suficiente a frequência do ensino secundário); não estejam inibidos do exercício de funções públicas ou interditos para o exercício das funções a que se candidatam; tenham 18 anos de idade completos; possuam a robustez física e o perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções; tenham cumprido as leis da vacinação obrigatória.

As candidaturas devem ser formalizadas por correio eletrónico para:

cepe.franca@camoes.mne.pt

 

Ensino
X