Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O projeto de longa-metragem de animação “Nayola”, do realizador português José Miguel Ribeiro, vai receber 245 mil euros de apoio financeiro do fundo Eurimages, criado pelo Conselho da Europa. À agência Lusa, o realizador José Miguel Ribeiro explicou que este apoio financeiro é o último passo do financiamento do projeto da longa-metragem portuguesa, da Praça Filmes, em coprodução com França, Bélgica e Holanda.

José Miguel Ribeiro, realizador e produtor – fundador da Praça Filmes -, está há cinco anos a concretizar a montagem financeira do filme, que tem um orçamento total de 3,5 milhões de euros, sendo a primeira longa-metragem de animação portuguesa para adultos e a receber, num concurso de 2014, apoio do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

Até ao final do ano, o realizador conta entrar em produção e espera fazer a estreia do filme em 2021.

Em cinco anos de pré-produção e montagem financeira, “Nayola” já sofreu alguns ajustes.

Inicialmente previsto para ser correalizado entre José Miguel Ribeiro e Jorge António, com conjugação de imagem animada e imagem real, o filme passará a ser assinado só pelo primeiro, com o segundo a manter-se na produção.

De notar que o Eurimages é um fundo financeiro do Conselho da Europa, tendo já apoiado, desde a sua criação em 1988, cerca de duas mil produções de cinema, com um total de 586 milhões de euros.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
5.6
X