Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Lyon: Festa anual da associação portuguesa de Meyzieu foi adiada

A pequena, mas muito dinâmica Associação Desportiva e Cultural dos Portugueses de Meyzieu (69) viu-se forçada, em virtude da terrível pandemia de Covid-19 que assola o planeta, a adiar sua festa anual que estava prevista para o próximo dia 13 de junho, nas suas instalações, na zona industrial de Meyzieu, nos arredores de Lyon.

Esta festa anual, que já vinha a ser preparada há longos meses com o apoio do promotor Filipe Ribeiro, contaria com a presença de Joãozinho e as Bailarinas vindos do Porto, dos Corações Minhotos com Banda Reduzida que viriam de Guimarães e com 5 ranchos folclóricos de associações portuguesas da região de Lyon.

Com todas as medidas impostas pelos Governos dos países europeus para conter o surto de Covid-19, tornou-se inviável a esta associação levar a bom porto este seu empreendimento.

Paulo Parreira, o Presidente da Direção, confessava a sua enorme deceção por ser forçado a tomar esta decisão e com o total apoio do promotor Filipe Ribeiro encetou os contactos necessários com os artistas convidados, “tendo todos mostrado enorme compreensão” e chegado a acordo para adiar esta mesma festa para junho de 2021.

A mesma recetividade aconteceu junto das empresas que prestam o seu apoio de forma regular, com destaque para António Rabeca do Banco Santander Portugal.

Além do adiamento da festa anual, esta associação, tal como muitas outras por essa França fora, tem vivido dias muito difíceis pois as suas atividades estão todas suspensas desde março e as cotizações e apoios espontâneos dos associados revelam-se insuficientes para fazer face aos encargos fixos da sua sede, como a renda, luz, gás, água e seguro entre outros.

Toda a Direção desta associação, representada por Paulo Parreira, não se deixa abater com esta situação e mostram grande tenacidade para não deixar cair a ADCP de Meyzieu. Além de já estar a ser preparada a festa anual de 2021, logo que as autoridades permitam, voltarão às suas atividades regulares.

Através do LusoJornal, o Presidente reiterou o agradecimento a Filipe Ribeiro, aos artistas e aos apoiantes “pela compreensão demonstrada”, desejando a todos rever nas próximas atividades da associação.

 

Associações
X