Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

João Espadinha, 63 anos, foi condenado pela Cour d’assises de Vaucluse a 20 anos de prisão, isto quando o Ministério Público pedia 30 anos. João Espadinha matou a mulher, Lídia Maria Ferreira Da Costa, uma portuguesa de 57 anos, com um tiro na nuca.

O drama ocorreu a 19 de setembro de 2016 em Cavaillon, no Norte da cidade de Marseille em França, quando João Espadinha espero por Lídia Maria Ferreira Da Costa. O Português de 63 anos não aceitava o fim da relação amorosa e envolveu-se numa discussão com a vítima. Quando esta tentou fugir, matou-a com um tiro de caçadeira na cabeça.

Lídia Maria Ferreira Da Costa, que trabalhava numa empresa de exportação de frutas e legumes, deixou dois filhos, que não vivem em França.

João Guilherme Espadinha ainda tentou suicidar com um tiro na cabeça mas acabou por sobreviver.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
8.1
X