Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Cultura Popular: Os Camponeses Minhotos de Clermont-Ferrand

Nome da associação: Os Camponeses Minhotos – Casa de Portugal

Data de criação da associação: Abril de 1980

Cidade: Clermont-Ferrand (63)

Nome do Presidente: João Veloso

Telefone: 06.08.63.28.29

Mail: camponesesminhotos@gmail.com

 

Nome do grupo folclórico: Os Camponeses Minhotos

Data de criação: Abril de 1980

Região: Baixo Minho, Guimarães

Nome do ensaiador: Vasco Teixeira

Telefone: 06.82.05.29.39

Mail: camponesesminhotos@gmail.com

 

As respostas às perguntas do LusoJornal sobre o grupo folclórico Os Camponeses Minhotos de Clermont-Ferrand, zona de muitos Portugueses, foram dadas por dois jovens membros da Direção da associação: o Tesoureiro Anthony Baptista e a vice-Tesoureira Sheila Ferreira.

 

Quando foi criado o grupo?

O grupo foi criado no mês de abril de 1980 em Clermont-Ferrand, com a intenção de manter as tradições portuguesas em França e também com o objetivo de se divertir, de se reunir para partilhar momentos alegres, em família ou entre amigos.

 

Qual é a região que o grupo representa?

Os Camponeses Minhotos representam a região do Minho, mais precisamente o conselho de Guimarães. Esta região foi para nós uma evidência. Com efeito, a maior parte dos membros do grupo, é natural do Baixo Minho.

 

O grupo tem alguma particularidade que se possa destacar?

Temos membros que fazem parte da nossa aventura desde a criação do grupo, em 1980. O espírito de família destaca-se no nosso rancho folclórico.

 

O grupo é federado na Federação do folclore português?

Somos federado na Federação do folclore francês neste momento. Mas era para nós uma honra de fazer parte da Federação de folclore português. O próximo passo é ser federado em Portugal.

 

Quantos elementos tem o grupo?

O grupo conta com 31 dançarinos et 13 tocadores, todos de idades diferentes. Contamos com 3 gerações, por exemplo, a nossa cantadeira tem 87 anos e o mais novo que entrou este ano tem 8 anos.

 

O grupo já gravou algum CD?

Já gravámos um CD cujo nome é “Os Camponeses Minhotos”, que foi lançado em 2006. Também já gravamos cassetes et um vinyl, na época.

 

O grupo organiza algum Festival?

Já organizámos festivais folclóricos em Clermont-Ferrand, mas atualmente estamos focalizados noutros eventos como a festa do São João que decorre no centro da cidade, em junho. Também criámos a eleição de Miss Portugal Régions de France que tem lugar na sede dos Camponeses Minhotos, na primavera. O nosso Presidente, João Veloso, está empenhado na expansão da cultura portuguesa que se manifesta com a organização destes eventos e com a abertura da Casa de Portugal que acolhe o público todos os fins de semana, através de jantares e bailaricos.

 

Qual a saída que mais marcou o grupo?

Costumamos ser chamados para várias cidades de França e de países da União europeia, como Portugal, Suíça, Luxemburgo… Uma saída marcou particularmente os membros mais antigos do grupo. Já lá vão 27 anos, fomos 10 dias percorrer o conselho do Tarn-et-Garonne e foram 10 dias de viagem, de espetáculos todos os dias. Na verdade, foi cansativo, mas foi sem dúvida a melhor experiência para todos. Também tivemos um fim de semana em Antibes no ano passado que todos adorámos. As recordações são imensas ao longo de 40 anos de existência.

 

Quais são as principais dificuldades do grupo?

As principais dificuldades permanecem o recrutamento de tocadores mais novos e de dançarinos. Os homens hoje em dia são menos atraídos pela dança.

 

Tem apoio da Mairie de Clermont-Ferrand?

Temos apoio financeiro da Mairie de Clermont-Ferrand para a organização dos nossos eventos. Temos laços importante com a Mairie que sempre nos ajudou a manter os nossos eventos.

 

E têm algum apoio de Portugal?

O Consulado português apoio-nos financeiramente para a festa do São João.

 

Qual é o principal sonho do grupo?

O nosso principal sonho é que Os Camponeses Minhotos possam durar ainda por muito tempo, que as futuras gerações continuam a manter as tradições portuguesas.

 

Na vossa opinião, como se porta o folclore português em França?

Nesse momento, achamos que o folclore português se mantém bastante bem. Com efeito, temos jovens lusodescendentes que são apaixonados pelas tradições, isso manifesta se com rusgas que decorrem em toda a França, desfile de trajes na região de Paris, nas redes sociais, cada vez mais adolescentes fazem vídeos a tocar concertinas. Notamos uma forma de orgulho que é desenvolvida através do folclore português em França.

 

LusoJornal Artigos
X