Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O jogo que pode ditar o Campeão de França decorre neste domingo 14 de abril em Lille, no Norte da França, entre a equipa da casa e o líder da Ligue 1, o Paris Saint Germain. Rafael Leão, avançado do Lille (na direita), não pode jogar por estar suspenso mas vai torcer pelo seu clube.

Este encontro da 32ª jornada do Campeonato francês da primeira divisão é decisivo na luta pelo título. Se o PSG vencer ou empatar, é Campeão de França, mas se o Lille alcançar o triunfo em casa, os Parisienses não poderão festejar… pelo menos por enquanto visto que neste momento o Paris tem 81 pontos, enquanto os ‘Dogues’ têm 61 pontos quando faltam sete jornadas para o fim da liga francesa.

Para este embate o Lille não vai contar com o avançado português Rafael Leão que está suspenso. Em entrevista ao LusoJornal, o internacional português admitiu que vai torcer pela equipa, ele que continua a fazer uma boa temporada, tendo apontado 8 tentos em 21 jogos realizados com a camisola dos ‘Dogues’.

O PSG está quase com as faixas de Campeão?

Nós estamos, e vamos continuar, a fazer o nosso trabalho. O PSG é uma equipa difícil, com grandes jogadores, e conseguem fazer a diferença na maior parte dos jogos. Essa diferença faz com que estejam no primeiro lugar.

Não vai jogar frente ao PSG… É frustrante?

Claro que é frustrante. Eu não sabia que se apanha-se um amarelo na semana anterior podia ficar de fora para este encontro. Mas de fora vou apoiar os meus colegas. E sei que eles vão dar tudo dentro de campo para obter um bom resultado.

Continua numa boa fase e a fazer uma boa temporada…

O que consigo é graças à ajuda da minha equipa. Há grandes jogadores no Lille que me metem boas bolas. Eles ajudam-me e eu gosto de contribuir ajudando também a equipa. Estou também feliz porque estou pela primeira vez fora, longe de Portugal, mas sinto-me contente por estar a fazer o que faço. Isto tudo é graças aos meus colegas e também a este grande clube que me ajuda. Graças a todos estes elementos eu consigo fazer boas exibições.

Rafael, já pensa no Mundial Sub-20 com Portugal?

Ainda não penso nisso. Eu quero é terminar no segundo lugar no campeonato francês para estar na Liga dos Campeões no próximo ano. É o sonho de qualquer jogador, de qualquer jogador da minha idade. Para chegar a esse objetivo, temos mais um jogo pela frente, muito importante, frente ao PSG. Vamos com toda a força e com o apoio dos nossos adeptos. Esperamos ter uma casa cheia, uma casa bonita para desfrutar do jogo e obter um bom resultado.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
7.5
X