Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Vanina de Oliveira Guerillot compete logo no primeiro dia de provas dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude Lausana2020, uma vez que vai também disputar o super-G e o slalom combinado.

Pedro Farromba, o chefe de missão, adiantou hoje à agência Lusa que a esquiadora participa em mais duas disciplinas, para além do slalom e do slalom gigante, em que estava inicialmente anunciada.

A esquiadora, de 17 anos, lusodescendente residente em França, entra em ação na sexta-feira, nas qualificações da prova de super-G, um dia depois de a comitiva lusa participar na cerimónia de abertura, que decorre nesta quinta-feira.

No sábado, a atleta, filha de mãe portuguesa, de Atães, Guimarães, defende as cores nacionais no slalom combinado, que contempla uma manga de slalom e uma de slalom gigante.

No dia 12, Vanina de Oliveira entra em pista para as qualificações do slalom gigante e termina a prestação no dia 14, no slalom.

Na competição, destinada a atletas entre os 15 e os 18 anos, que decore na Suíça, entre 09 e 22 de janeiro, Portugal vai estar representado no esqui alpino pelos dois atletas: Manuel Ramos e Vanina de Oliveira Guerillot.

Portugal esteve pela primeira vez presente na segunda edição dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude Lillehammer2016, na Noruega, também em esqui alpino, com Joana Lopes, 35ª classificada no slalom gigante, e Andrea Bugnone, 21º no slalom combinado, 27.º no slalom e 31.º no super-G.

Pedro Farromba, o chefe de missão, tem a expectativa de que a portuguesa residente em França tenha o melhor desempenho, tendo em conta o maior volume de treino.

Enquanto o responsável espera que Manuel Ramos possa entrar “na primeira parte da tabela” classificativa, para Vanina de Oliveira prevê “resultados superiores”, sem apontar lugares.

 

LusoJornal Artigos
X