Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Mocidade do Verde Minho organizou 13° Festival Folclórico de Saint Martin D’Héres

LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro LusoJornal / Patrícia Guerreiro

A Associação Portuguesa Mocidade do Verde Minho de Saint Martin D’Héres, nos arredores de Grenoble (38), que tem como Presidente José Domingues, organizou no passado dia 29 de junho, o seu 13° Festival Folclórico. Este ano contou com a atuação dos bombos da casa, para a abertura do festival e com a participação de dois grupos folclóricos provenientes da Suíça.

Esta festa que constituiu uma excelente oportunidade para reunir a Comunidade portuguesa, a qual aproveitou para almoçar e jantar iguarias portuguesas neste dia cultural à moda minhota. Para além da vertente social e cultural, a iniciativa primou também pela partilha e convívio entre todos os participantes. E foram, centenas de Portugueses que puderam assim passar um excelente momento com as suas famílias, com animação musical ao longo do dia.

Subiram ao palco os grupos folclóricos Mocidade do Verde Minho, Raízes de Portugal de Gap, Estrelas Douradas de Bougoin-Jallieu, Estrelas do Minho de Vaulx-en-Velin, Os Amigos na Suíça de Cugy e por fim Estrelas de Portugal de Genève.

O Maire de Saint Martin D’Héres, David Queirós, lusodescendente, também assistiu ao festival e assumiu a grandiosidade deste evento, mostrando-se em simultâneo muito satisfeito com a presença de todos os Portugueses. “Com a realização do Festival de Folclore, a cidade de Saint Martin D’Héres pretende preservar e divulgar as tradições, cantares e danças típicas, bem como estimular a divulgação da cultura portuguesa”.

No final das atuações foram chamados ao palco todos os porta-estandartes de cada grupo, para a entrega dos prémios de participação e as tradicionais fitas, perante a multidão de espetadores.

À noite teve ainda lugar a atuação da banda portuguesa “Anjos da Noite”, vindos da Suíça, que animou as centenas de convivas presentes.

Marcaram ainda presença neste dia, os representantes do Banco Santander Totta, Iberbanco assim como a animação do festival que esteve a cargo do DJ Roque e da equipa Raízes, emissão de radio dirigida à Comunidade portuguesa.

 

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.6
X