Saúde: Emagreça sem prejudicar o sono

Comunidade

 

Uma das resoluções de Ano Novo mais comum é, sem dúvida, perder peso! Toda a gente se queixa de peso a mais, mas também há quem se queixe que este processo afeta o sono.

 

O sono de qualidade regula as hormonas que controlam a fome e a saciedade e deve, por isso, ser parte integrante de qualquer dieta. Estudos mostram melhores resultados dos planos de dieta quando associados a um bom sono.

Eis algumas dicas para dormir melhor:

– dormir 7 a 8 horas por noite: a privação de sono faz-nos comer mais e pior (alimentos mais calóricos) e aumenta o risco de obesidade; por outro lado, dormir um número suficiente de horas e um sono de qualidade melhora as decisões em relação à dieta, contribuindo para o sucesso da mesma;

– praticar exercício físico durante a manhã ou ao início da tarde: um bom sono melhora o humor e o bem-estar físico e mental, deixando-nos mais motivados para a prática de atividade física;

– refeições regulares, incluindo jantar cedo com uma refeição ligeira, sem consumo de álcool, café ou tabaco: as refeições ricas em carbohidratos, açúcares ou bebidas energéticas aumentam os despertares durante o sono;

– evitar ir para a cama com fome: os alimentos com baixo índice glicémico (nozes, legumes, frutas) podem ajudar a aumentar a saciedade, sem agravar a qualidade do sono;

– manter um ambiente tranquilo ao final do dia, com atividades relaxantes e limitando a exposição à luz e aos dispositivos eletrónicos, além de garantir o conforto do quarto: cuidar do sono deve ser uma rotina como escovar os dentes.

 

Dra. Vânia Caldeira

Pneumologista e Especialista em Medicina do Sono

Comissão de Trabalho de Patologia Respiratória do Sono da Sociedade Portuguesa de Pneumologia

 

Donativos LusoJornal