Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Miguel Oliveira, que compete com uma KTM e pertence à equipa francesa Tech3, vai falhar um segundo Grande Prémio consecutivo de Moto GP, o GP Malásia deste fim-de-semana.

O piloto português não recuperou desde queda aparatosa nos treinos na Austrália, isto apesar de ter recebido luz verde dos médicos do Moto GP para competir na Malásia.

No entanto a primeira sessão de treinos livres não correu bem. Após três voltas, o piloto português Miguel começou a sentir muitas dores e teve de recolher às boxes, dando por terminada a sua participação em Sepang.

O Português admitiu que não pode participar na prova: “Após algumas voltas deu para perceber que o meu estado físico impede-me de alinhar este fim de semana. Quero agradecer à minha equipa pela compreensão, à KTM pelo apoio e a todos vocês pela força incondicional. É tempo agora de olhar em frente”, escreveu depois Miguel Oliveira na sua página de Facebook.

O piloto luso agravou a lesão no ombro, que tinha sofrido em Silverstone na Inglaterra, com a queda na Austrália e vai ser visto por um médico da KTM em Innsbruck, na Áustria.

Segundo Hervé Poncharal, dono francês da Tech3, não se sabe se o piloto poderá competir em Valência, em Espanha, porque o português pode mesmo ter de ser submetido a uma cirurgia ao ombro.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.5
X