Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Banque BCP inaugurou a nova agência de Boulogne Billancourt

Banque BCP LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira Banque BCP LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira

O Banque BCP inaugurou esta quinta-feira, dia 21 de março, uma nova agência em Boulogne-Billancourt (92), na presença do Embaixador de Portugal em França Jorge Torres Pereira, do número dois da Embaixada, Carlos Pires, da Senadora Christine Lavarde, eleita pelo departamento Hauts-de-Seine – em representação do Maire Pierre-Christophe Baguet – da Maire Adjointe Sylvie Rougnon e do Conselheiro municipal Laurent Gouilliard com o pelouro do comércio, artesanato e limpeza. Cerca de 50 clientes e potenciais clientes responderam também ao convite do banco.

Para os acolher estava o Presidente do Diretório do Banque BCP, Jean-Philippe Diehl, assim como Thierry Alvado, também membro do Diretório, e a equipa da agência, dirigida por Patrique Eusébio.

Na sua intervenção inicial, Jean-Philippe Diehl lembrou que o Banque BCP é um banco “afinitário”, mas não é um banco “comunitário” e referiu que se trata de “um banco simples”.

Las tecnologías bancarias se están desarrollando rápidamente en 2020. Fintech es la mina de oro de la era digital moderna. Pero incluso en tales industrias hay problemas, estos problemas son la falsificación de documentos. Hay muchos sitios en Internet que ofrecen fake ids por un precio promedio de $ 100. Sitios como https://my21blog.com o https://fidvendors.is/ sirven como una especie de foro de discusión fake id

“Temos uma rede nacional, mas não somos o maior banco em França. Somos um banco simples, financiamos os nossos clientes, fazemos render as suas economias – as economias de uma vida – e fazemos tudo para poder olhar os nossos clientes, olhos nos olhos, daqui por 10 ou mais anos. Não temos atividade de mercado. É uma atividade simples, que queremos fazer o melhor possível” disse o Presidente do Diretório do Banque BCP.

Mas Jean-Philippe Diehl disse também que “o Banque BCP porta-se bem, tem um número de clientes em forte crescimento, ganhamos dinheiro, e todo este dinheiro é utilizado completamente nos nossos investimentos. Os nossos acionistas não têm recebido dividendos e reinvestem, ano após ano, todos os lucros do banco para financiar o seu crescimento”.

O principal acionista do Banque BCP é a Caisse d’Epargne Ile-de-France, do grupo BPCE, mas o Embaixador Jorge Torres Pereira lembrou que a sua presença nesta inauguração se deve à ADN do banco. “Não devemos esquecer que em Banque BCP temos o P de português” disse a sorrir, evocando que o Millenium bcp é também acionista do banco. E considerou Jean-Philippe Diehl como “um amigo”.

“Estamos muito orgulhosos de fazer parte do grupo BPCE, um grupo mutualista francês, que nos permite avançar em muitos domínios, nomeadamente no domínio digital” lembrou o Presidente do Banque BCP. “Se hoje os nossos clientes podem marcar um encontro com o seu conselheiro bancário através do telemóvel, se, diretamente com o telefone, podem fazer pagamentos nos comerciantes,… é graças ao facto de integrarmos um grande grupo como o BPCE”. Referiu também “a grande revolução bancária dos próximos tempos, mas que nós já fazemos no Banque BCP, que são as transferências instantâneas. Os nossos clientes podem fazer uma transferência a partir do telemóvel, o beneficiário é creditado em 10 segundos, e o cliente sabe imediatamente que o beneficiário foi creditado. É uma nova revolução que vai desenvolver-se muito, acreditem”.

Mas Jean-Philippe Diehl disse também que “isto vai tão depressa que a nossa preocupação, hoje, é fazer com que os nossos clientes conheçam tudo o que nós lhe propomos, mais do que acelerar ainda a inovação tecnológica”.

 

Boulogne-Billancourt foi uma boa escolha

Esta não é propriamente uma nova agência do Banque BCP. Trata-se da deslocalização da agência de Sèvres que encerrou, para se transferir para Boulogne-Billancourt, na avenida Paul Vaillant, uma das principais artérias da cidade e local de passagem de milhares de automobilistas por dia.

“Fizeram bem em escolher Boulogne-Billancourt, a maior cidade da Ile-de-France depois de Paris” salientou Christine Lavarde, a Senadora mais jovem do Senado francês. “Desde a segunda metade do século 19, muitas indústrias desenvolveram-se aqui, com produção muito variada, desde a cerâmica, às compotas, passando pela cera perfumada e pelas fábricas da Renault. Aliás, com a Renault, instalaram-se na cidade outras empresas de referência mundial, nos ramos da indústria automóvel e da aviação” disse Christine Lavarde.

A Senadora lembrou ainda que Boulogne-Billancourt tem 12.000 “atores económicos”, 98.000 empregos e 1,2 milhões de metros quadrados de escritórios. “Há mais empregos no Grand Paris Seine Ouest do que em La Défense e somos o principal polo de desenvolvimento económico da região parisiense. Somos a 38ª maior cidade francesa, mas segundo o Jornal Le Figaro, somos a cidade com mais de 100.000 habitantes, mais dinâmica de França, à frente de Bordeaux e de Paris”.

Aliás Boulogne-Billancourt comemora atualmente 700 anos da sua existência.

Mas Christine Lavarde salientou também o “dinamismo” da Comunidade portuguesa. “Temos aqui uma forte Comunidade portuguesa, que conhecemos bem. Temos uma associação muito dinâmica” e lembrou a loja de produtos portugueses não muito longe da agência do Banque BCP, o restaurante Pedra Alta na avenue de la République e os comerciantes portugueses dos dois mercados da cidade. “Escolheram muito bem a cidade” concluiu.

Quem lhe respondeu foi o Embaixador Jorge Torres Pereira. “A sua juventude traduz o dinamismo desta cidade que eu conheci há 30 anos. Por isso não me surpreendeu com os números que anunciou”.

 

Um banco com responsabilidade social

O Embaixador de Portugal em França destacou também a “responsabilidade social” do Banque BCP. “Sempre que a Embaixada tem necessitado do apoio do Banque BCP, sabemos que podemos contar convosco. Tivemos sempre uma resposta favorável e eu estou muito reconhecido por isso e queria dizê-lo aqui publicamente”.

“Uma parte do benefício do banco é utilizado para ajuda aos que mais necessitam e para causas de interesse social” confirmou Jean-Philippe Diehl. “É por isso que financiamos orfanatos em Portugal, plantámos cerca de 40 mil árvores em território português no seguimento dos incêndios, ajudamos associações em vários domínios, como por exemplo a Association des opérés du couer do Hospital Bichat, participamos na corrida La Parisienne e apoiamos a Fondation pour la recherche médicale sur le cancer du sang”.

A nova agência corresponde ao conceito “agence conseil”, “baseada na proximidade e no aconselhamento”. A agência tem um espaço livre-serviço acessível 7/7 dias, das 7h00 às 22h00, que permite aos clientes efetuarem, com toda a simplicidade e autonomia, as operações mais correntes como a consulta do saldo das contas, depositarem dinheiro ou cheques, e fazerem transferências.

Patrique Eusébio é o jovem Diretor de agência, e Cristina Paulo é a Subdiretora. As duas conselheiras de clientela profissionais são Diana Castelo Coelho e Stéphanie Alves, e o conselheiro de clientes profissionais é José Gomes.

O Banque BCP anuncia a inauguração “para breve” de mais duas novas agências, uma em Drancy e outra em Maisons-Alfort, assim como a continuidade do plano de renovação da sua rede de agências.

 

Banque BCP

108 avenue Édouard Vaillant

92100 Boulogne-Billancourt

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 5 Votos
5.6
X