Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Teve lugar no domingo passado, dia 1 de março, na sua sede – 125 avenue Robert Schumann, em Troyes – a Assembleia Geral Ordinária da associação Casa Cultural e Social Portuguesa, na qual constava a eleição dos novos Corpos gerentes para o biénio 2020-2021.

Eram 15h00, meia hora depois da hora marcada, quando começou e, como sempre, era notória a ausência de muitos sócios e jovens do grupo folclórico. Provavelmente por causa do mau tempo.

Há dois anos que a Presidente Lourdes Pinto, dirige esta associação e, como os seus colegas puseram os seus lugares à disposição. Não se tendo apresentado nenhuma lista a esta eleição, foram novamente reeleitos os dirigentes da lista cessante, tendo integrado esta nova Lista alguns jovens, o que nos leva a crer que o futuro estará assegurado.

 

Nova Direção

A nova Direção ficou assim composta:

Presidente: Lourdes Pinto

Vice-presidente: Samuel Silvares

Secretária: Graça Brito

Tesoureira: Mélissa Brito

Responsável e Ensaiador do grupo folclórico: Jonathan Brito

Presidente da Assembleia: Lázaro Silvares

 

De salientar, também, que vários voluntários estão disponíveis para ajudar a Direção em diversas tarefas.

Esta que já é considerada uma grande instituição, é muito importante, não só para os Portugueses de Troyes e deste departamento, mas também para muitos dos Departamentos limítrofes.

Os seus objetivos, culturais e sociais, são imensos. Para além disso, tem também um excelente grupo folclórico que, ao longo dos anos, tem sido um autêntico embaixador de Portugal em terras de França e até noutros países, sempre disponível para animar todo e qualquer evento, desde as participações oficiais e mais relevantes, a convites mais modestos como os lares de idosos e pequenas animações de rua e, tudo isto, a título gratuito.

Há também encontros semanais (ou cursos) para todas as pessoas que desejem aprender ou melhorar a língua portuguesa, todos os sábados, das 14h00 às 18h00. Estas reuniões são animadas por António Alves.

Existem, ainda, as Permanências consulares, em princípio todos os dois meses, onde centenas de Portugueses, de vários Departamentos, aqui se dirigem para evitarem de fazer os 150 km que os separa da capital. Esta é de facto uma enorme mais valia que, em princípio, também está quase sempre a ser acompanhada por António Alves.

Esgotada a ordem do dia, pelas 17h00, foi servido o tradicional Vinho de honra – com bolos e Champanhe (verdadeiro) da região – a todos os presentes. Só foi pena terem-se esquecido do famoso, e bem nosso… Vinho do Porto.

A associação vai comemorar 40 anos no próximo dia 31 de outubro de 2020. A fundação desta Casa deve-se à iniciativa de Francisco Martinho Martins, entre outros, que há 40 anos se debateu pela promoção da língua e cultura portuguesas, em terras de França.

Espera-se, também, que no próximo aniversário, em outubro, haja muitos voluntários e muitas inscrições de sócios para dar ainda mais vida a esta Associação e assim participarem na vida associativa… para prepararem um futuro feliz.

A próxima Presença consular em Troyes terá lugar no dia 19 de março, e as Festas em Honra de Nossa Senhora de Fátima terão lugar nos dias 16 e 17 de maio de 2020.

 

LusoJornal Artigos
X