Portugal e França manifestaram disponibilidade para acolher migrantes

Portugal e França manifestaram disponibilidade para acolher migrantes entre as 40 pessoas que se encontram a bordo do navio humanitário “Alan Kurdi” ao largo de Malta.

“Portugal manifestou disponibilidade para acolher 5 das 40 pessoas que se encontram a bordo no navio humanitário ‘Alan Kurdi’, ao largo de Malta”, anunciaram, em comunicado conjunto, os ministérios da Administração Interna e dos Negócios Estrangeiros.

A embarcação “Alan Kurdi”, da organização não-governamental (ONG) alemã Sea Eye, encontra-se ao largo de Malta com 40 migrantes a bordo, incluindo três crianças e uma mulher grávida, que foram resgatadas nos últimos dias no Mediterrâneo.

“Portugal, França, Alemanha e Luxemburgo manifestaram esta disponibilidade para receber o grupo de pessoas, num gesto de solidariedade humanitária e de desejo comum de fornecer soluções europeias para a questão da migração e das tragédias humanas que se verificam no Mediterrâneo”, acrescenta o comunicado.

Durante 2018 e 2019, Portugal acolheu 129 pessoas resgatadas pelos navios humanitários.

 

LusoJornal Artigos